17 janeiro 2016

Como abrir um negócio novo



Primeiro você precisa de uma ideia, que não é nada fácil de se conseguir.  Depois de achá-la, precisa pesquisar bastante sobre ela, saber como é o mercado, a concorrência, a procura, a oferta, o custo, o possível lucro, o investimento para começar, o número de pessoas para contratar, entre outras análises. Precisa calcular os prós e os contras.  Se colocar do lado de fora e questionar todos os pontos que ainda não fecharam.  E se depois de tudo isso você ainda estiver interessado nesta ideia, só então você está apto a iniciar seu novo negócio!
Agora vem a segunda fase, que é a procura do local para instalar sua empresa, que pode ser alugado, próprio ou comprado especialmente para este fim.  Mas lembre-se que antes de ir à junta comercial registrar a sua empresa, precisa antes de tudo submeter este imóvel a uma consulta sem compromisso na prefeitura de sua cidade para saber se neste local é permitido o tipo de negócio que você quer tocar.  Não caia na ingenuidade de dizer que se há uma empresa do mesmo gênero num determinado bairro, a sua será aprovada com certeza.  Há casos em que seu vizinho tem uma pequena indústria de sucos, por exemplo, e você não consegue alvará para fabricar sucos ou biscoitos.  Isto ocorre por várias razões:  talvez a indústria do seu vizinho não está funcionando de forma regular, ou foi aprovada em uma década onde não havia legislação contrária a este ramo ou foi aberta de forma fraudulenta, onde o empresário declara uma atividade e acaba trabalhando com outra semelhante.  Por fim, encontrando o local ideal para se estabelecer, resta agora solicitar a abertura formal na junta comercial ou pedido de abertura em órgãos reguladores do ramo escolhido que pode ser o Ministério da Agricultura ou ANVISA, sem esquecer que sua empresa também estará sujeita a autorizações de funcionamento da Secretaria do Meio Ambiente e Corpo de Bombeiros.  


1 comentários: